Rituais

As divindades da Lua Nova nunca nos procuram; nós é que devemos procurá-las. Este ritual para Baba Yaga deve ser realizado na Lua Negra e é aconselhável ser repetido durante as três noites entre a Lua Negra e a Lua Nova.
Ingredientes necessários para a realização deste ritual:
- uma vela preta (ou outra cor bem escura)
- um pano preto para cobrir a sua cabeça
- música instrumental lenta e pesada, mas agradável
- roupas escuras
- incenso de benjoim
Acenda o incenso e leve-o por toda a sala em sentido anti-horário (o caminho da Lua Nova - o desfazer da matéria formada para que possa ser remodelada). Coloque o incenso sobre o altar.
Acenda a vela preta e leve-a também ao redor da sala, também no sentido anti-horário. Coloque-a novamente no altar.
Apague todas as luzes, deixando acesa apenas a luz da vela. Sente-se diante do altar e cubra a sua cabeça com o pano de modo que você quase não possa enxergar nada no recinto onde se encontra.
Inicie a música. Feche os olhos e permita que seus pensamentos vão além. Relaxe seu corpo. Permita que seus pensamentos mergulhem na sua escuridão interior.
Visualize-se de pé dentro de um túnel mal-iluminado cavado na rocha viva. A trilha pela qual segue está gasta pelos pés dos que o antecederam. As paredes são ásperas e lâmpadas as iluminam a intervalos regulares. Você ouve vozes cantando à distância e move-se naquela direção.
Após muitas curvas e voltas do túnel, você se encontra à entrada de uma vasta caverna. O teto e as paredes distantes estão ocultas pelas sombras. No centro da caverna, um enorme caldeirão, com longas velas alinhadas numa trilha conduzindo a ele. Atrás do caldeirão há um trono esculpido em rocha negra cintilante. Sentada neste trono, uma figura silenciosa trajando uma túnica preta, o rosto oculto pelo capuz. Suas mãos pálidas seguram uma brilhante espada. Um movimento de uma das mãos indica que você deve se aproximar.
Você caminha por entre as fileiras de velas até alcançar o caldeirão. A figura diante de você se ergue e puxa o capuz, revelando o forte rosto. Ondas de imenso poder emanam dessa deidade. Os olhos são fundos poços de escuridão capazes de ver o seu verdadeiro eu. Nada pode ser ocultado dessa deidade da Lua Nova.
Quando for questionado, e decerto o será, você poderá explicar o porquê de sua vinda a este recanto, perante esta poderosa deidade. Explique exatamente o que deseja que seja alterado em sua vida, o que lhe causa insatisfação ou tristeza no estado atual das coisas. Mas não explique como deseja que as mudanças ocorram! Esteja preparado para aceitar quaisquer mudanças que a deidade da Lua Nova apresente.
Preste muita atenção a qualquer coisa que lhe seja dita. Pode ser que lhe peça para entrar no caldeirão. Esta é uma experiência espiritual fortíssima, portanto certifique-se de que está preparado para enfrentá-la. A experiência do caldeirão varia de indivíduo para indivíduo e é extremamente pessoal. Se decidir entrar no caldeirão, a deidade da Lua Nova provavelmente tocará seu coração com a espada, tomará sua mão para lhe ajudar a entrar no caldeirão e em seguida o ajudará a sair.
O que cada pessoa experimenta no caldeirão é completamente diferente. Pode passar por uma iniciação, ter visões do futuro e/ou até mesmo ver seu corpo físico ser destruído até os ossos para em seguida ser reconstruído. Pode reviver velhas experiências, numa exibição forçada para que veja os erros que cometeu e evite cometê-los novamente no futuro. Algumas experiências, como a perda de pessoas e animais queridos, podem ser extremamente emocionais, mas são necessárias. Na maioria das vezes, a sensação de perda é seguida por contato com a pessoa ou animal amado, para mostrar que nada é totalmente destruído ou perdido.
Quando sair do caldeirão e estiver novamente em pé na caverna, diante da divindade da Lua Nova, pode ser apresentado a símbolos ou objetos que terão um significado especial para você. Alguns desses símbolos podem parecer obscuros nessa ocasião, tanto no seu sentido quanto na sua imagem. Apenas aceite-os. A explicação virá mais tarde.
No final, a divindade da Lua Nova o saúda com as sua espada e você se sente espiralando pela escuridão, voltando à consciência física. Você provavelmente estará respirando profundamente quando retornar a este mundo e é possível que você fique um pouco desorientado no início, pois as vibrações da Lua Negra são bastante diferentes das do nosso plano.
Abaixe o pano de seu rosto e olhe ao redor da sala. Pode ser que sinta a presença (ou até memso veja) alguns seres de outros planos que estejam junto de você para lhe ajudarem a se orientar. Eles querem prestar auxílio para que você reflita sobre o que aprendeu. Permaneça sentado por mais algum tempo e agradeça à divindade da Lua Negra por sua ajuda.
Preste atenção aos seus sonhos deste dia até a Lua Cheia, anotando todas as impressões e símbolos que aparecerem. As divindades da Lua Negra operam com mudanças drásticas, pois para abrir espaço para o novo, deve-se destruir o velho.
Acima de tudo, você deve estar preparado para aceitar e seguir as mudanças que ocorrerão em sua vida. As mudanças são semrpe difíceis, mas à medida que for realizando esse tipo de ritual você aprenderá a ter um senso de ordem mais fortalecido.


 Chamando pela Deusa do amorFase da Lua: Cheia

Objetos necessários para o ritual:
- incenso de rosas
- uma vela vermelha e uma vela rosa
- pétalas de rosa decorando seu altar
- barbante ou fita rosa do tamanho da sua cintura
- imagem da Deusa Vênus
- caneta e pedaço de papel
Acenda o incenso e decore seu altar de acordo com o ritual. No papel, escreva: "Alguém que realmente me ame". Se desejar lançar um encantamento sobre uma pessoa específica, reflita cuidadosamente sobre as implicações desta ação. Você realmente quer que determinada pessoa te ame apenas porque você fez um ritual de magia? A Deusa do amor sabe muito mais sobre isso do que você; deixe que ela escolha a pessoa certa.
Quando estiver preparada(o), permaneça em silêncio para relaxar. Acenda as velas, dizendo:
Meu coração está vazio
Grande Deusa do amor, envie-me alguém que o encha de amor
Minha alma deseja assim
Conduza-me à harmonia espiritual
Minha mente está inerte
Encha-a com fertilidade
Passe o barbante pela fumaça do incenso, consagrando-o. Fique de pé em silêncio por alguns momentos, agradecendo à Deusa do amor por seu auxílio. Ouça seus conselhos. Depois, deixe o papel no altar até a manhã seguinte. Apague as velas.
Na noite seguinte, volte ao altar. Acenda outro incenso e as velas novamente. Converse com Vênus usando suas próprias palavras, explicando as características que mais deseja em um parceiro.
Ateie fogo no pedaço de papel com a chama da vela rosa e deixe que queime em uma vasilha metálica. Livre-se das cinzas quando esfriarem.


Expulsando entidades de má sorte

Fase da Lua: Minguante
Ingredientes:
- pires com sal
- incensos de patchuli ou olíbano
- um talismã
É muito comum sermos visitados por entidades de má sorte, mesmo sem ter a menor intenção. Assim, é recomendável realizar, ao menos duas vezes por ano, este pequeno ritual de banimento de tais entidades para assim livrar a sua casa de energias negativas.
Para saber a melhor época de realizar este ritual, confie em sua intuição. Se sentir que o ambiente anda carregado, precisando de uma "mãozinha" sua, então o faça. Nossa casa é nosso ambiente familiar e a primeira providência é limpar tais vibrações dela.
Assim, pegue um punhado de sal em sua mão e cubre-a com a outra mão, pedindo bênçãos aos deuses. Peça que lhe ajudem nesta limpeza espiritual.
Salpique um pouco de sal em cada canto dos cômodos e armários da sua casa e, quando terminar, tome um banho com um pouco do sal que sobrou na água. Isso ajuda a limpar a sua aura, mesmo sendo uma ação física.
Para evitar o retorno de tais criaturas, queime os incensos durante três dias e peça às entidades de boa sorte para que entrem em sua casa e em sua vida. Um vazio seria indesejável, pois atrairia de volta aquilo que você expulsou.
Como uma precaução final, escolha um talismã para você usar junto a você, ou um talismã para a sua casa. Passe-o pela fumaça do incenso antes de usar. Pode ser qualquer coisa, desde um pentagrama até um cristal.
Limpe-o periodicamente passando-o pela fumaça do incenso para livrá-lo das vibrações negativas que possa ter absorvido com o passar do tempo.


Corda das bruxas - Pedidos
Ingredientes:
½ metro de corda;
1 vela azul;
Incenso de canela
Meia-noite de lua cheia. Pegue sua corda, acenda a vela e queime o incenso. Pense fixamente naquilo que deseja, afastando todo e qualquer outro pensamento que surgir. Pegue a corda e comece a dar nós, enquanto repete o encantamento No primeiro nó meu feitiço começa; no segundo nó nada mais impeça, no terceiro nó tudo realizará, no quarto nó toda força terá, no quinto nó floresce pelas minhas mãos, no sexto nó a natureza presencia seu nascimento, no sétimo nó será protegido pelo céu, pelo oitavo nó será levado pelo vento, no nono nó meu será
Depois do nono nó, passe a corda pela fumaça do incenso. Coloque a corda sob seu travesseiro e durma despida. Terá um sonho significativo sobre como agilizar a realização de seu pedido. Guarde a corda de tal forma que ninguém a veja ou toque e não comente com ninguém sobre o feitiço.


Para atrair um amor
Ingredientes:
1 litro de água pura de fonte ou mineral;
10 gramas de pétalas de calêndula;
10 gramas de flor de maracujá;
5 gramas de folhas de arruda;
5 gramas de flores de violeta
Ferva a água em um recipiente de cerâmica. Quando estiver fervendo, vá acrescentando os ingredientes repetindo o seguinte encantamento:
"Ervas da natureza, que sentem frio e calor, envolvam todo meu ser em beleza e me tragam um novo amor".
Apague o fogo e deixe descansar por cerca de 20 minutos com o recipiente fechado. Coe, reserve o líquido numa garrafa e despeje um pouco da poção sobre o corpo por sete noites seguidas. Alguém surgirá durante esse período.


Beijo ardente
Ingredientes:
4 colheres (sopa) de mel;
4 colheres de canela em pó
Misture bem os dois ingredientes pensando na pessoa amada. Guarde em um local fresco e passe nos lábios sempre antes de beijar os lábios de seu amor.


Poção Afrodisíaca
Ingredientes:
4 favas de baunilha;
3 xícaras de conhaque
Numa noite de lua crescente, pegue o conhaque e o coloque dentro de uma garrafa escura. Adicione a baunilha e tampe bem. Deixe que a garrafa fique a noite no sereno, mas a retire antes do sol nascer. Guarde-a em um lugar onde ninguém a veja ou a toque. Mas não esqueça de agita-la algumas vezes durante o dia. Passadas três semanas coe e recoloque o líquido na garrafa. Tome dez gotas dessa poção uma vez ao dia.


Banho incentivador de prosperidade financeira
Faça-o sempre que estiver precisando de sorte nos negócios
Ingredientes:
1 ramo de salsa;
1 colher (sopa) de canela em pó;
1 noz moscada ralada;
1 colher (chá) de mel;
1 colher (chá) de gengibre ralado
Prepare o chá de forma tradicional. Deixe amornar e depois coe. Tome seu banho normalmente e depois jogue lentamente essa mistura sobre o corpo. Seque-se sem o auxílio da toalha.


Feitiço da Alegria
Faça-o para que o ambiente seja impregnado por um clima feliz
Ingredientes:
1 garrafa de um bom vinho;
30 gramas de verbena;
1 colher (chá) de mel
Coloque a verbena e o mel dentro da garrafa de vinho e deixe exposto ao sereno durante sete noites. Borrife sempre no ambiente e guarde-o em um local fresco e escuro.


Banho Liberador de Tensões
Faça-o sempre que estiver tão envolvida com as preocupações do dia-a-dia que não consegue resolver os problemas.
Ingredientes:
1 banheira;
2 xícaras de farinha de centeio;
10 gotas de alfazema
Encha completamente a banheira com água e acrescente os ingredientes. Deixe que a água atinja uma temperatura agradável a sua pele e se deixe relaxar por, pelo menos, 30 minutos


INVOCAÇÃO A DEUSA COMO MÃE
Mama!
Do meu coração,
Do meu sangue, mama
Eu invoco você...
Meu coração do seu calor
Membro do seu ventre
Água de sua água
Gruta de sua colina
Broto de sua primavera
Olhos de suas estrelas
Mama
Olhos do seu sol,
Mama
Do seu sol, mama
Meu espírito do seu sol
Mama
Venha, Mama!
Venha para o nosso circulo
Nosso ventre
Esteja conosco agora, mama
Faça-se presente agora!


MÃE E LUA
Mãe Lua
Sou seu fruto da inocência
seu filho natural
nenhuma lei somente a sua pode me dominar
nenhum amor a não ser o seu
infinito
sempre mutável
seus olhos são asas tremeluzentes
seu pé é espuma dançante
sou seu dançarino
você é a dança
canção sem fim
musica e melodia
toda a orquestra
do seu amor
eu poderia seguir


INVOCAÇÃO A RAINHA DO VERÃO
Rainha do verão
abelha rainha
doce e perfumada
florescente
néctar do mel
fonte transbordante
rosa desabrochada
dançarina inebriante
vento murmurante
cantora
ser encantado
flor e espinho
Rhianaon
Arianhod
Afrodite
Ishtar
Cibele
Penetre-nos
Leve-nos daqui!


INVOCAÇAO A LUA ORVALHADA
Ó pregnante, orvalhada lua a navegar pelos céus,
Que brilha para todos
Que flui através de todos
Luz do mundo
Donzela, mãe, anciã
Ser criativo ser refrescante
Isis, Asarteia, Ishtar
Aradia, Diana, Cibele
Kore, Ceridwen, Levanah
Luna, Mari, Ana
Rhiannon, Selena, Demeter, Mah
Olhe com nosso solhos, ouça com nossos ouvidos
Toque com suas mãos, respire com nossas narinas
Beije com nossos lábios, abra nossos corações
Penetre em nos!
Toque-nos, transforme-nos, faça-nos um todo!


INVOCAÇÕES DO RITUAL DE SOLSTÍCIO DE VERÃO
(Com estas inicie pelo Norte)
Meus ossos, meu corpo, como a terra sejam
Montanhas os meus seios
Grama fresca e folhagem abundante
Meus cabelos ao vento
Pó escuro e rico, leito de lama
Semente lançando branca raiz profunda
Tapete de folhas moldura natural
Nossa cama seja
Pela terra que é o seu corpo
Poderes do norte enviem sua força
Ar, meu fôlego, brisa da amanha
Garanhão da estrela do amanhecer
Redemoinho, carregando todos que nas alturas planam
Abelha e pássaro
Doce aroma
Lamento de tempestade
Transporte-nos!
Pelo ar que e seu fôlego
Poderes do Leste enviem sua luz
Acenda meu coração, queime brilhante!
Meu espírito é uma chama
Meu olhar nada perde
Uma flama salta do nervo em nervo
Fagulha do fogo solar!
Desperta o calor replicante, deleite insuportável!
As chamas cantam, consuma-nos!
Pelo fogo que é o seu espírito
Poderes do Sul, envie sua chama
Irrigue meu útero, meu sangue
Lave-nos, refresque-nos
Ondas desembarcam na praia em asas brancas
A corredeira, o sibilar, o ribombar das pedras
Enquanto a maré recua
Esse ritmo, meu pulso
Inunde, fonte esguichantes
Para que possamos nos derramar
Leve-nos daqui
Pelas águas do seu útero vivo,
Poderes do oeste, enviem seu fluxo


INVOCAÇÕES RÍTMICAS DE VALERIE AOS QUATRO CANTOS
Leste:
Mensageiro vivaz
Mestre da encruzilhadas
primavera penetre suavemente
em minha mente
ser dourado sussurre
navegante etéreo
navegue no leste nas asas do vento
Sul:
Flor do deserto, vontade ardente
Crepite com energia sob minha pele
Leão vermelho
Pulsos acelerados vagando pelo sul
estou aberta: venha
Oeste:
Guerreiro cinza pérola
Jornada espectral
príncipe do crepúsculo
navegando para oeste
intuição, senhora do poente
serpente ancestral do mar
rainha perdida das águas crepusculares
pés de Prata venha silenciosamente
Norte:
Mãe das montanhas, mãe das árvores
mãe da meia noite, mãe da terra
raiz e folha, flor e espinho
venha ate nos, venha ate nos, dê-nos seu Norte


INVOCAÇÃO DO EQUINÓCIO DE ASPECTO MASCULINO
Deus galhudo, domado pelo amor, feroz com paixão
esteja conosco agora
Ser suave, partilhador, sem posses
esteja conosco agora
amante dos homens e das mulheres, criança, ancião
esteja conosco agora
forte na luta, orgulhoso da terra do qual você
brota e para onde você quedará
esteja conosco agora
Filho leal, pai carinhoso, irmão amoroso, lutador contra as violações
esteja conosco agora
Rebelde, semeador, tímido, aquele que nos da apoio
precisamos de sua energia, invocamos sua presença
esteja conosco agora
INVOCAÇÃO AO DEUS DO VERÃO
Senhor das cores do dia
despertador indômito dos corações
aquele que nomeia
consolador das tristezas
Aquele que nomeia
dançarino clarividente
filho da manha
semente amadurecida da videira
ser de muitas jóias
caçador besta selvagem
guie-nos
venha
você é a bebida que sacia a nossa sede!
Nos somos as flores orvalhadas
que se abram para o seu feixe dourado de luz


INVOCAÇÃO A PÃ
Se o corvo seus cabelos tingir
E sentar-se um rei escarlate
Na escada inclinada do coração
Então, oh, os espetáculos que lá você verá
O cristal se quebrando
Sob um penetrante olhar verde escuro
Um penetrante olhar verde escuro
de lagoas do mais profundo âmbar
Cerque seu castelo de urze branca
Ainda assim Pã encontrará seus aposentos
encha-o ate a borda, não diga quando,
beba ate faltar-se e beba novamente
Ouça o mar tonitroando
Encha-o ate a borda, não diga quando
É Pã que continua servindo
Mãos de nozes, os olhos de um urso
Aquele que busca as suas tristezas
Poderá achar a parte do leão
Com o mesmo fôlego ele atrai e avisa
O fogo que mantém o frio a distancia
é o mesmo fogo que queima
A chama que arde, a canção que mata
quando você ouve o que ela esta dizendo
deixe o pânico perseguir-nos no labirinto
pois Pã esta somente se divertindo
Encha-o ate a borda, não diga quando
Beba ate fartar-se e beba novamente
ouça o mar tonitroando
Encha-o ate a borda, não diga quando
É Pã que continua servindo
Observador misterioso com sobrancelhas emaranhadas
põe seu dedo em seus lábios
não mais ouviremos juras
de promessas que jamais guardaremos
nem do sonho secreto
que foge quando despertamos do sono
quando do sono despertamos
e nossos olhos esfregamos
para impedir que as lagrimas salgadas escorram
você pode cobrir os seus ouvidos para abafar os seus brados...
Entretanto é Pã que continua simplesmente chamando


INVOCAÇÃO AO FUNDAMENTO DO SER
Eterno
Que não é encontrado nenhum
alem
atemporal
mistério incognoscível
senhor da dança
seja feliz dentro de nos
veja com nossos olhos , ouça com nossos ouvidos, respire com nossas narinas, toque com nossas mãos, beije com nossos lábios
abra nossos corações
que possamos viver, enfim, livres
alegremente na única canção
de tudo que é, foi ou sempre será


Banho Afrodisíaco

Antes de um encontro amoroso ou sexual, ou também para atrair uma pessoa, podemos tomar o seguinte banho, carregando-nos com uma forte aura sedutora:
Coloque em um balde ou bacia água quente (sem estar fervida) e coloque as seguintes essências; dez gotas de ylang-ylang*, dez gotas de sândalo*, dez gotas de essências de rosas*, dez gotas de almíscar* e um punhado de cravo. Depois de tomado o seu banho normal, pegue o balde e com a ajuda de uma caneca, vá molhando novamente o seu corpo com essa água. Comece pela cabeça e vá molhando todo o restante do corpo. Feito isso, seque-se naturalmente, sem auxílio da toalha. Quando já estiver seco, coloque mais algumas gotas de almíscar nas palmas das mãos e acaricie o seu corpo todo.


Banho para limpeza astral e física
Manjericão, hortelã, canela em pau, cravo e louro.
Ferver todas estas ervas numa panela com um litro de água. Após levantar fervura, desligar o fogo e tampar a panela de modo que esfrie. Separar as ervas da água. Jogar as ervas em água corrente. Pegar a água levar para o banheiro, tomar seu banho de higiene e após isto, pegar a mistura e jogar do pescoço para baixo. Não jogar na cabeça em hipótese alguma, pois lhe dará dor de cabeça.


Para tirar negatividade de local
Quando a lua estiver cheia, descasque completamente nove limões usando apenas as suas mãos. Vá colocando as cascas num balde ou numa tigela com água. Depois, gentilmente aperte as cascas na água, espremendo o óleo ate que o perfume limpo e forte do limão inunde o ar. Visualize o óleo do limão limpando tudo o que for negativo na sua casa. Em seguida, ainda visualizando esfregue o chão, as maçanetas e os beirais das janelas com a água do limão. Despeje o restante nos ralos. Repita este ritual em toda lua cheia.


Este banho deve ser tomado numa banheira.
Encha a banheira com água bem quente. Despeje 400 grs de sal marinho e 20 gr de bicarbonato de sódio. Coloque 30 gr de folhas frescas de arruda. Quando a temperatura da água estiver suportável, entre na banheira e relaxe, por 30 minutos.


Para o amor
Você vai precisar de um espelho e de flores frescas. Qualquer flor serve, mas as rosas são especialmente indicadas.
Compre ou colha sete flores. Coloque as flores num vaso ou vasilha grande e coloque o espelho ao lado, de modo que você possa ver sua imagem refletida no espelho e ver as flores do vaso. Passe-a suavemente no rosto, nos cabelos e na cabeça.


Para uma pessoa voltar
Pegue uma fotografia da pessoa amada, amarre uma fita vermelha horizontalmente deixando as pontas pendentes. Prenda-a do lado de fora da porta da frente da sua casa numa noite de Lua cheia, após as nove horas da noite. Deixe até o dia seguinte até as nove horas da manhã.


Banho atrativo
1 rosa branca, 1 punhado de erva-doce, 1 punhado de cravo da índia, 1 punhado de canela em pau, 1 punhado de manjericão fresco, 7 colheres de café de açúcar, 7 gotas de baunilha e 7 gotas de essência de rosas.


Para o amor 
1 maçã, 3 fitas coloridas (vermelha, rosa e branca), 1 tigela branca de louça, mel e o nome do seu amor.
Abra a maçã ao meio, tire o miolo coloque o seu nome e o da pessoa amada, ponha um pouco de mel e a seguir uma as maçãs amarrando-a com as fitas coloridas.


Amuleto da sorte
1 ferradura pequenina, 1 espadinha de metal, 1 folha de louro, 2 cm de cetim azul rei e 1 oração de Santo Onofre.
Faça um saquinho com o cetim, coloque tudo dentro e não se separe deste amuleto.


Para não faltar dinheiro
Trigo de quibe, 1 estrela de seis pontas feita em cartolina laminada dourada, 6 moedas correntes, 6 ímãs, 1 flor de girassol, 1 pirita, essência de heliotrópio e 1 prato fundo branco.


Para prosperidade
Arroz cru, 6 moedas antigas, 1 maçã, 1 tigela branca pequena e 6 folhas de louro
Ponha na tigela o arroz cru, por cima as 6 moedas antigas. Coloque a maçã por cima de tudo, e as folhas de louro em volta.
Mantenha dentro de sua casa em local apropriado. Troque a maçã quando for necessário.